A EMOTOLOGIA É A BASE DA INTELIGÊNCIA. Prof. Luiz Machado       

As pessoas, de um modo geral, e até mesmo  uma parcela do mundo acadêmico, habituaram-se a chamar de inteligência o produto  das funções do intelecto, ou seja, das funções cognitivas, o que é uma visão estreita do que é realmente o processo de entrar em contato com o ambiente, estruturar e armazenar informações, produzir pensamento  convergente e divergente e avaliar.  Na nossa evolução como espécie, o intelecto só vai aparecer épocas (estamos falando de milhões de anos) depois que vínhamos usando apenas a inteligência nativa, embora esta, já incluísse as condições para  que o intelecto se desenvolvesse o que demonstra que este, embrionariamente, já tinha participação no processo.                                                                                                                                                                           O intelecto surge como resposta à evolução daquele ser que era o Homo (nome do gênero da categoria dos primatas a que pertencemos) e, com o seu surgimento, o Homo  passa a ser sapiens, isto é,” que usa o intelecto”.  Mas , na evolução, a Natureza  vai acrescentando, agregando os novos passos, as novas etapas  sem se desfazer do que havia antes. Assim, antes do surgimento do intelecto em sua plenitude,  nós usávamos  a inteligência nativa, de alta sabedoria para a sobrevivência.  O Homo sapiens  moderno, vamos dizer assim, usa sua inteligência nativa, de antes do surgimento do intelecto, e  também a inteligência que se torna possível   pelas funções cognitivas, vale dizer,a inteligência racional. Na verdade, ficamos envaidecidos  e nos chamamos de racionais porque, na escala animal, somos a única espécie que dispõe de um intelecto desenvolvido. Assim, já que a Natureza não se desfez dela, nós temos hoje a inteligência nativa, do sistema de autopreservação e preservação da espécie (SAPE)  e a inteligência do intelecto. Nós podemos dizer que o chamado “gênio” é quando a pessoa desenvolve os dois aspectos da inteligência a um alto grau.

           Nós dizemos  que e Emotologia é a base da inteligência porque ela cuida dos dois  aspectos ao mesmo tempo, pois ela prepara , fornece a base, para o  desenvolvimento e uso das funções cognitivas, e é por isso  que  o conceito deste conjunto  sistematizado de conhecimentos abrange  “o desenvolvimento das potencialidades como elemento do autorrealização”.          

A  Natureza age por finalidade.Tudo nELAla tem um objetivo, uma razão de ser; por exemplo,se  as flores são geralmente coloridas e perfumadas ,não é com o propósito de tornar nossas s vida mais amenas ,mas,  sim, para fazer uma sinalização  a fim de  que os insetos possam ser direcionados para onde fazer a polinização.   A Natureza é muito prática, objetiva, pragmática. E Ela tem um mecanismo nos seres para cuidar do processo de atingir  objetivos, o qual,, na nossa espécie, é o sistema de autopreservação e preservação da espécie (SAPE), resultado da interação dos sistemas das emoções, com destaque para o sistema límbico (regiões bem no interior do cérebro) com o sistema glandular endócrino.

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

I accept the Privacy Policy